Veja Também

Notícias

publicado em 06/06/2017

CEO da Big Data Corp., Thoran Rodrigues, faz palestra no GT de Antifraude e Análise de Risco

Recentes

31

AGO

publicado 31/08/2017
Maceió (AL) recebe curso gratuito sobre como abrir uma loja virtual de sucesso

30

AGO

publicado 30/08/2017

17

AGO

publicado 17/08/2017
Natal (RN) recebe curso gratuito sobre como abrir uma loja virtual de sucesso
Meios de Pagamento na Internet

Convidado para debater melhores práticas de utilização do Big Data no e-commerce a fim de evitar fraudes, Thoran Rodrigues, fundador e CEO da Big Data Corp., empresa líder no Brasil e na América em captura e estruturação de dados, se apresentou no Grupo de Trabalho de Antifraude e Análise de Risco da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net) na manhã de terça-feira, 30/05.

Thoran Rodrigues - CEO da Big Data Corp.

A reunião aconteceu no auditório do Colégio Notarial do Brasil – Seção São Paulo e reuniu 25 executivos dos setores de Varejo Online, Meios de Pagamento na Internet e Antifraude. “O objetivo deste grupo de trabalho, criado em março, sempre foi de debater estratégias, processos e tendências que possam aumentar a segurança das transações online. Acertamos em cheio ao trazer o tema Big Data para a mesa de discussão”, declarou Gerson Rolim, consultor do GT de Antifraude e Análise de Risco.

Rodrigues iniciou sua palestra conceituando a expressão “Big Data”, adjetivo que se aplica a um conjunto de informação pautado em três elementos, os “3 Vs”: Volume de dados, Variedade de formatos e Velocidade com que esses dados mudam.

O especialista destacou que o Big Data requer um time multidisciplinar de profissionais da informação, cada qual especializado em uma área, e alertou: “Quando se fala em projetos com Big Data, não basta simplesmente você ter o melhor modelo e o melhor especialista do mundo. O projeto precisa ser operacionalizado”, disse.

Aprofundando o assunto, Rodrigues relacionou Big Data ao uso de tecnologias capazes de automatizar não só os trabalhos mais simples, repetitivos e braçais, como também tarefas mais sofisticadas de análise de dados, a chamada Inteligência Artificial (IA). Segundo ele, por mais bem feito que seja o trabalho manual ele nunca terá escalabilidade. 

A integração de técnicas e tecnologia de IA nos negócios evita processos ineficientes e pode aumentar significativamente a produtividade da empresa. “A realidade é que a IA já está transformando o mundo hoje, e essa tendência só irá se acelerar nos próximos meses e anos. Não importa em qual mercado você se encontra, se você não está pensando em como isso irá afetar o seu negócio, e começando a testar, você já está atrasado”, disse.

Reportagem e fotos: Letícia Martins, assessora de comunicação da camara-e.net (comunicacao@camara-e.net)

 

comments powered by Disqus
Nossos Associados
Associe-se

Conheça as vantagens de ser nosso associado.

Camaranet todos os direitos reservados - 2013